17 fevereiro 2011

Booking Through Thursday: Romance



Qual foi o livro mais romântico que leste?
(E não me refiro ao material mais explícito que escondes debaixo do teu colchão. Refiro-me ao Verdadeiro Amor, ao Romance profundamente emocional, que fala ao coração e tudo isso.)
Em segundo lugar, gostaste da leitura? É o tipo de livros que costumas ler, ou constituiu uma surpresa?
O livro mais romântico que li? Não há qualquer competição ou dúvida! É o "Orgulho e Preconceito" de Jane Austen. Aquilo que Darcy faz por amor a uma mulher, sem qualquer esperança (pelo menos de início) do seu amor ser retríbuido sempre me fez sonhar e imaginar como seria um mundo em que mais pessoas tivessem esse tipo de amor. Um amor que não pede nada em troca, mas que fica contente apenas por fazer feliz o seu recipiente. Aliado a este romance intenso (que vive bem sem cenas explícitas), temos uma intrincada e bem conseguida crítica à sociedade da época. É esta combinação que faz desta obra o meu romance favorito, à data.
Claro, este tipo de amor e devoção é bastante utópico, mas se não tivermos a capacidade de sonhar com utopias o que nos resta?

Quando li esta obra pela primeira vez, não tinha muito o costume de ler romances pelo que constituiu uma surpresa bastante agradável. Hoje em dia, leio uma maior variedade de géneros literários pelo que já li bastantes livros românticos, mesmo dos "mais explícitos" (e não, não os guardo debaixo do colchão, lol). Acho que são leituras interessantes do ponto de vista histórico (aprende-se sempre algo) e há algo nos livros românticos que nos faz sonhar (como já disse em cima) para além de serem leituras que descontraiem e que nos fazem sentir bem.

5 comentários:

Landslide disse...

Acabei de ler o "Orgulho e Preconceito" esta semana e concordo com tudo o que disseste. O amor de Darcy por Elizabeth é o mais puro dos amores pois dá sem esperar nada em troca...

E embora não leia muitos romances, este já faz parte dos meus livros favoritos.

WhiteLady3 disse...

Sabia que ias responder Orgulho e Preconceito! Também não era difícil adivinhar, sabendo que já leste quase tudo o que é spin-off e me aconselhaste o livro e a série. :)

Eu por acaso prefiro o Persuasão. Mas sem dúvida que Jane Austen é das autoras mais românticas que alguma vez escreveu. :)

slayra disse...

Landslide: Para mim não há livro que bata este. Já li vários clássicos românticos, incluindo O Monte dos Vendavais, mas Orgulho e Preconceito... é óptimo! :D

Whitelady: Lol, claro! Tu sabes o quanto eu gosto do livro! E o Colin Firth... hmmm. Por acaso também já suspeitava que ias escolher o Persuasão, sempre disseste que era o que gostavas mais. :D E o Norte e Sul, também achei que ias escolher esse. Ahah. :D

Ana C. Nunes disse...

Concordo que os livros românticos nos deixam "sonhar", mas acho que tenho tido pouca sorte com o género.
Ainda não li o "Orgulho e Preconceito" (eu sei, lacuna!), mas espero fazê-lo em breve.

slayra disse...

Depende imenso do livro. Também tenho lido romances horríveis, mas alguns estão bastante bem escritos. Nunca serão candidatos ao prémio Nobel, mas distraem e divertem. Refiro-me aos romances históricos e paranormais, claro. Já leste Sherrilyn Kenyon? Os romances dela tendem a ter algumas cenas fatelas mas no geral são giros. E se gostas de PC Cast, experimente a série "Goddess Summoning"; alguns valem a pena, outros não. Penso que no caso dos romances escritos hoje em dia não devemos esperar muito... deste modo podemos apreciá-los com a leveza necessária.

Quanto ao Orgulho e Preconceito, não penses assim! Por acaso eu penso que as pessoas devem ler aquilo que querem e não vou muito à bola com listas de "clássicos" ou "grandes livros" que toda a gente acha que devemos ler e um bando de pessoas que se acham peritas na matéria decidem que são "bons". Para mim, o importante é a pessoa gostar do que lê. Pode ser um dito "clássico" ou um romance "trashy" ou ficção científica... o importante é que o individuo o aprecie e retire algo dele. ^__^