04 fevereiro 2014

Curtas: Libriomancer e Deadly Descendant

A fantasia urbana é um dos meus géneros favoritos mas também é um género em franca expansão (lá fora), do qual saem centenas de livros todos os anos.

Talvez seja por ler tantos livros do género que não tenho assim muito para dizer sobre estes dois livros de fantasia urbana, que têm ambos bons conceitos mas que não são assim nada de especial no que diz respeito à execução.

Editora: Del Rey (2013)
Formato: Capa Mole | 320 páginas
Género: Fantasia urbana
Libriomancer tem um conceito bastante interessante: Gutenberg, um mago pouco poderoso, desenvolve juntamente com a prensa um novo tipo de magia, que consiste em retirar objetos de livros. Ora isto nos dias de hoje, com tantos livros de fantasia e ficção científica é algo perigoso; devido à imaginação de autores e dos seus leitores, surgiram objetos mágicos perigosos que podem alterar o equilíbrio mágico do mundo (como o anel de Sauron do Senhor dos Anéis) e surgiram também muitas espécies novas de seres sobrenaturais (como os vampiros Meyerii, que surgiram com os livros de Stephenie Meyer... e sim, eles brilham). Isaac Vainio, o nosso protagonista é um "Libriomancer", um feiticeiro treinado para utilizar este poder (com algum cuidado... alguns livros estão "trancados" e não é possível aceder aos seus objetos... O Senhor dos Anéis é um deles).

Gostei muito de ler sobre as coisas que o Isaac retira dos livros. Gostei do facto da magia ter consequências. Gostei do tratamento da personagem Lena, uma ninfa que veio de um livro onde a sua espécie servia apenas para realizar todos os desejos dos seus amantes (há uma luta constante da parte de Lena e dos outros personagens, para tentarem separar aquilo que ela é, enquanto personagem de um livro sexista daquilo que ela é, enquanto pessoa). No entanto a escrita não me impressionou por aí além e o mistério e a personagem principal (o Isaac) pareceram-me bastante genéricos.

No geral, uma leitura agradável, mas nada de especial.


Editora: Pocket (2012)
Formato: Capa Mole | 355 páginas
Género: Fantasia urbana
Deadly Descendant é o segundo livro da série "Nicki Glass", sobre uma jovem que descobre que é descendente da deusa grega Artemisa. Sendo Artemisa uma deusa da caça, Nicki depressa descobre que tem poderes invulgares que lhe permitem seguir rastos e caçar com uma habilidade sobrenatural e disparar de forma certeira todo o tipo de armas. Nicki trava conhecimento com outros "Liberi" (descendentes de deuses) que estão em luta com os "Olympians", os vilões da série. Os "Olympians" (descendentes de deuses gregos) acham que são superiores não apenas aos humanos mas também aos descendentes de deuses de outros panteões.

Neste segundo livro, um descendente de Anúbis anda a matar pessoas inocentes com uma matilha de chacais.

Se Libriomancer é um livro bastante típico de fantasia urbana, apesar da sua premissa e conceito interessantes, Deadly Descendant é um verdadeiro estereotipo. E um daqueles livros que se lê bem, com personagens de que gostamos relativamente, mas que nunca adoramos ou com os quais nunca chegamos a sentir grande ligação.

Fantasia urbana genérica para quem gosta de enredos que metem mitologias antigas como a Grega ou a Egípcia.

3 comentários :

WhiteLady3 disse...

Tinha tantas expetativas para o Libriomancer. :(

slayra disse...

É fixe... mas meh. :(

WhiteLady3 disse...

Ando tão cansada de livros "meh" :/