19 fevereiro 2014

Opinião: Vínculo de Sangue (Patricia Briggs)

Vínculo de Sangue de Patricia Briggs
Editora: Saída de Emergência (2011)
Formato: Capa mole | 284 páginas
Géneros: Fantasia Urbana
Descrição (GR/SdE): "Mercy tem amigos em lugares estranhos e sombrios. E agora deve um favor a um desses amigos: o vampiro Stefan precisa das capacidades de metamorfose de Mercy para entregar uma mensagem a um vampiro recém-chegado à cidade. O que Mercy não sabe é que este novo vampiro tem um segredo: na verdade é um feiticeiro possuído por um demónio prestes a lançar o caos na cidade. Depois de várias tentativas da comunidade paranormal para destruir a criatura, Mercy vê-se envolvida na refrega: embora os seus amigos vampiros e lobisomens sejam mais fortes do que ela, são as suas habilidades especiais que poderão salvar a todos. E quando descobre a verdade sobre essas habilidades, Mercy vai aprender muito sobre o seu passado e os lobisomens que a criaram..."
(A edição lida está no inglês original, mas os dados bibliográficos apresentados são da versão portuguesa para tornar mais fácil a identificação da obra)

Vínculo de Sangue, o segundo livro da série "Mercy Thompson" é outro daqueles livros que li já há bastante tempo, ainda antes de ter saído por terras lusas, pela mão da Saída de Emergência. Assim, tenho de confessar que não me lembro de muitos pormenores sobre este livro, exceto que gostei dele, no geral. A minha crítica é basicamente uma tradução da opinião que deixei no Goodreads e na Amazon depois de ter lido o livro em... para aí 2008.

Mercedes Thompson, uma mecânica que vive na zona de Washington e uma metamorfa é acordada de madrugada por uma chamada telefónica; Stefan, o seu amigo vampiro necessita de um favor. Uma vez que Mercy está em dívida para com ele, não tem escolha senão aceitar envolver-se com este grupo de criaturas sobrenaturais. Stefan precisa que Mercy o ajude enquanto ele resolve alguns problemas vampíricos. Parece simples, certo? Errado. Aparentemente há um vampiro desconhecido à solta na região... um que tem um poder aterrador e que gosta de deixar corpos no seu caminho. Apesar de tanto os vampiros como os lobisomens estarem a tentar resolver o problema, Mercy percebe desde cedo que é ela a pessoa mais indicada para lidar com a ameaça.

A sequela de "O Apelo da Lua" foca-se noutro grupo de seres sobrenaturais, os vampiros. Tal como aconteceu no livro anterior, não achei que a autora tenha trazido algo verdadeiramente original no que aos vampiros diz respeito (são bastante genéricos), mas o segundo livro pareceu-me mais bem desenvolvido em termos de enredo e de personagens.

A Mercy, particularmente, cresce bastante neste livro e descobre algumas novas capacidades relacionadas com os seus poderes ao mesmo tempo que o leitor, o que nos permite 'viver' de certo modo, as suas emoções e reações. 

A história é interessante e o mistério é mais complexo do que o do primeiro livro. 

No geral, é uma leitura interessante e podemos ver que Mercy está a entrar numa fase nova e intrigante da sua vida, uma vez que aparentemente ela é mais do que aparentava ser (apenas uma metamorfa) em termos paranormais. Uma série a seguir para os amantes de fantasia urbana.

English Review.
Outras opiniões da série: O Apelo da Lua

Sem comentários: