17 março 2011

Winking Books - Balanço

Desde que ouvi falar no Winking Books que desejo experimentá-lo. Afinal de contas, eu já tinha expresso a minha esperança de ver nascer uma comunidade ao estilo do Bookmooch, mas mais para os portugueses. Por isso, claro que tinha de me inscrever.

Uma semana e pouco depois, faço aqui um balanço de utilização. No geral, mantenho uma posição neutra (mas mais a pender para o negativo) em relação ao site; se tem alguns pontos positivos tem também certamente muitos negativos.

Aspectos Positivos:
- é uma comunidade de troca de livros direccionada para os portugueses;
- conseguimos obter alguns livros em português, o que resulta numa poupança razoável pois como sabemos, estes são caros;
- o registo é gratuito.

Aspectos Negativos:
- o catálogo não é muito variado; os livros partilhados não são particularmente populares ou recentes (mas isto acontece também com o Bookmooch);
- o interface do website deixa algo a desejar: é preciso inserir todas as obras de raiz, o que resulta em imenso tempo perdido para quem tem inventários grandes. Não é possível acrescentar sinopses ou registar um livro em mais do que um género. As opções para explicar a condição do livro são ambíguas, mas como temos um campo para explicar com mais pormenor, isto não é particularmente grave;
- O sistema de pontos é extremamente estranho e não me parece balançado; ganha-se um ponto por cada livro inserido, mas perdem-se dez por cada livro pedido. Até aqui tudo bem, funciona mais ou menos como no Bookmooch. Mas podem comprar-se pontos, o que acho seriamente injusto. Além disso, se retirarmos um livro do inventário podemos perder mais do que um ponto, dependendo de há quanto tempo o livro lá está;
- Os tempos para envio e recepção são contabilizados pelo que de três em três dias recebem-se e-mails informando-nos que temos de marcar um livro recebido (e se ainda não o tivermos recebido?) ou que devemos enviar um livro (e se uma pessoa tiver uma vida agitada e não puder ir ao correio em três dias?). Estes e-mails são seriamente maçadores e tornam a experiência numa obrigação, para além de nos fazerem sentir desconfortáveis. :p

No fundo, não me pareceu ser um sistema particularmente bem desenvolvido (talvez esteja equivocada); no entanto tenho de concordar que é uma óptima iniciativa e talvez se mais pessoas se inscreverem haja maior uma maior variedade de livros. Isso e alguns ajustes no sistema de trocas tornariam o site mais apelativo.

10 comentários:

Elphaba J. disse...

Eu utilizo faz alguns meses e até agora não me queixo :)

Beijinhos*

slayra disse...

Lol, não me estou a queixar, estou a expor algumas das falhas que encontrei. O_O
Não me queixo nada, aliás acabei de poupar 22€ porque consegui o HP 7 do Winking Books.

Laura disse...

Confesso que não gosto muito destes sistemas. Isto porque gosto de receber livros. Mas não gosto de os dar :D

Cat SaDiablo disse...

Confesso que quando me inscrevi, assim que soube da sua existência, louvei a iniciativa (já faltava uma comunidade portuguesa), mas não fiquei muito entusiasmada.
Primeiro achei a plataforma em si muito primitiva (mas não é assim tão diferente do bookmooch, pelo que me foi dado a perceber), mas reparo que está sempre a melhorar pequenas coisas. Penso que é um projecto que alguém se deu ao trabalho de criar de forma gratuita, por isso é natural que seja um pouco "amador" em alguns aspectos. Mas vai melhorando.
Quanto ao catálogo, em parte concordo contigo que não tem muitas novidades, mas para já estou bastante satisfeita. Tenho conseguido muitos livros que já queria há bastante tempo, e outros até bastante recentes (cerca de 1 mês da publicação). Mas é como dizes, já no Bookmooch isso vinha a acontecer, e acho normal.
Para mim o balanço tem sido claramente positivo, mas confesso que estive imenso tempo sem me sentir entusiasmada e sem usar realmente.

Quanto mais não seja consegui A Casa das Sete Mulheres, que não encontro à venda em lado nenhum (logo aí compensava-me) e hoje chegaram-me a casa os três volumes do Senhor dos Anéis (já não fui a tempo do Hobbit :P) e Kafka à Beira Mar, por isso, já vale a pena :D

Mas concordo contigo, alguns aspectos podem melhorar. Ainda esta semana recebi o tal email dos 3 dias, e tendo em conta que os livros tinham sido enviados numa sexta, é óbvio que na segunda ainda não tinha chegado, e pensei "o que é que querem que eu faça?" lol -.-'

Também acho que o sistema de classificação é injusto. O senhor dos aneis esta classificado acima da média e por isso casa um me custou 15 pontos (em vez de 10), mas a pessoa que os enviou só ganhou 10 por cada livro que enviou, e eu acho que devia também ganhar 15. Não só era mais justo como incentivava as pessoas a inserirem livros recentes/populares.

Provavelmente vou enviar esta sugestão à administração do site.

p7 disse...

Fiquei curiosa com este site quando soube dele, porque se parecia com uma versão portuguesa do BookMooch, mas depois pus-me a ler as regras e particularmente aquelas relativas aos pontos deixaram-me de pé atrás.

Nem percebi o porquê de tirarem pontos quando tiramos um livro do sistema. :| Fiquei a achar de que quando registamos um livro ele passa a pertencer à comunidade e deixa de pertencer à pessoa que o regista, já que recebe penalizações por tirá-lo. Não parece a melhor maneira de captar pessoas para o sistema. :S

Cat SaDiablo disse...

p7, tendo em conta que ganhas 1 ponto por cada livro que adicionas, se o retirares tem toda a lógica que esse ponto seja retirado. Senão bastava inserir 300 livros e a seguir tirá-los para ficar com saldo quase ilimitado mas não ter de enviar livro nenhum. Não é que o livro "deixe de ser da pessoa", simplesmente o saldo de pontos volta ao que tinhas antes de inserir o dito livro.

p7 disse...

Ahhhh já estou esclarecida. Quando li aquilo dava a sensação que se ficava a perder mais pontos por retirar do que aqueles que se ganham por pôr um livro no sistema. É claro que assim faz muito mais sentido. :x

Cat SaDiablo disse...

Parece que se retirares um livro menos de 6 meses de o teres inserido, em vez de 1 ponto perdes 2. Por acaso não sabia, só me apercebi quando a slayra mencionou. Deve ser para evitar que as pessoas insiram livros só para ganhar pontos suficientes para um pedido, e depois retirem logo a seguir (já me aconteceu pedir um livro, e depois reparar que a pessoa em causa o retirou antes de aceitar ou recusar o meu pedido o.O)
De facto pode parecer uma regra estúpida, mas é preciso pensar que há pessoas para tudo o.O

Olinda Gil disse...

Ainda há pouco tempo me inscrevi neste site. Não espero dele muito: apenas trocar alguns livros (porque sou incapaz de me desfazer da maior parte deles) por outros, dar um pouco de vida à minha estante que está a abarrotar.

http://insomnia.blogs.sapo.pt

Joana Guerra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.