29 abril 2012

Aquisições da Semana (1)

O que é isto perguntam vocês. Pois bem é uma nova rubrica que não é nova se formos a ver bem. É a mailbox com umas camadas de pintura para ficar mais actualizada. Por motivos "blogísticos" a mailbox já não fará parte das rubricas do Livros, Livros e mais Livros. Ao invés dela teremos então... As aquisições da semana. Que tem outro nome. Mas que é a mesma coisa. Tipo, mais ou menos. Erm...  pelo que é baseada no meme In my Mailbox.

Esta semana visitei a Feira do Livro de Lisboa juntamente com vários membros do gangue uma data de pessoas, incluindo algum ppl do Porto que veio admirar o Parque Eduardo VII. Ehehe. Lá fui contra a banca da Devir e o novo volume de Death Note mais um volume de Oishinbo vieram parar-me às estantes. E a Whitelady deu-me esta cópia autografada d'O Cavaleiro de Weteros & Outras Histórias (wow, right?)!

O Cavaleiro de Westeros & Outras Histórias - George R.R. Martin (YAY!) 
Oishinbo: Japanese Cuisine - Tetsu Kariya e Akira Kanasaki 
Skip Beat!, vol. 22 - Yoshiki Nakamura 
Kimi ni Todoke, vol. 6 - Karuho Shiina 
Kimi ni Todoke, vol. 8 - Karuho Shiina 
Death Note, vol. 2 - Tsugumi Ohba e Takeshi Obata

Se tiverem aquisições para partilhar, linkem nos comentários. ^_^

5 comentários:

Tinkerbell disse...

lindos :D

WhiteLady3 disse...

Não foste ao Martin, o autógrafo do Martin foi ter a ti. :D

Mar disse...

Quanto pagaste pelo Death Note?

slayra disse...

Lol, Whitelady. Thanks again! ^^

Mar, paguei 8€, estava em pré-venda. :)

Wildcat17 disse...

Gostava de comprar Death Note em português. Não gosto de mangás finos mas esse não é o caso de Death Note, ao contrário de Dragon Ball e Yu-Gi-Oh! da ASA. Até acho as lombadas mais apelativas que as dos mangás americanos. O problema é, claro, o preço. Posso comprá-los em inglês a metade do preço, já que o box custa cerca de 65€ (embora eu já tenha o 13 - How to Read, continua a compensar comprar o box). Se antes de eu comprar o box alguém me vender a coleção completa rondando os 70€, comprarei. 55€ de diferença, excluindo o 13 porque já o tenho, é muito dinheiro.