08 dezembro 2008

Opinião: Sangue na Piscina (Agatha Christie)

Editora: Edições Asa (2007)
Formato: Capa mole | 224 páginas
Géneros: Mistério
Sinopse.

Sangue na Piscina (em inglês, The Hollow) é uma das inúmeras obras escritas pela "rainha do mistério", Agatha Christie. A personagem principal é o bem conhecido detective belga Hercule Poirot, que neste livro é convidado para a mansão de Lady Angkatell. No dia seguinte o marido de uma das residentes aparece morto.

Apesar de ter apreciado o livro em geral, devo dizer que certos aspectos me perturbaram. Um deles foi a disposição da história: este livro centra-se muito mais nas características de cada personagem envolvida do que no mistério propriamente dito; a este é dada uma breve atenção nas últimas 50 ou 70 páginas e o desfecho... sabe a pouco.

O outro aspecto perturbador são as já mencionadas características das personagens; todas as pessoas envolvidas no mistério, exceptuando, talvez Sir Henry, são estranhamente desiquilibradas de uma forma ou de outra. Pode dizer-se mesmo que a maioria delas chega mesmo a ser algo perversa. Por um lado, são personagens brilhantes, mas por outro são... perturbadoras devido à sua aparente imoralidade ou melhor dizendo, frieza e calculismo.

Sangue na Piscina vale pelas incríveis caracterizações de personagens que são humanos desconcertantes mas ao mesmo tempo muito realistas. No entanto, como história de mistério não é tão bom como outras obras da autora.

1 comentário:

miGuel pesTana disse...

Olá.

Fiz uma pesquisa na net sobre o livro e vim cá ter :)

Desde já tens um blogue muito bom!!

Em relacção a livro, realmente concordo consigo, a Agatha esmerou-se ao pintar os personagens tão extenuantemente bem.

Mais uma vez falhei o palpite, em relação ao criminoso.

Tenho mais 2 dela pra ler. Simplesmente adoro os policiais dela.


Miguel
silenciosquefalam.blogspot.com