04 fevereiro 2010

Sangue Fresco (Sangue Fresco, 1)

Título Original: "Dead until Dark"
Autor: Charlaine Harris
Editora: Saída de Emergência - 2009
Nº de Páginas: 272
Idioma: Português
Géneros: Fantasia Urbana, Mistério/ Thriller
Sinopse (SdE): Uma grande mudança social está a afectar toda a humanidade. Os vampiros acabaram de ser reconhecidos como cidadãos. Após a criação em laboratório, de um sangue sintético comercializável e inofensivo, eles deixaram de ter que se alimentar de sangue humano. Mas o novo direito de cidadania traz muitas outras mudanças…

Sookie Stackhouse é uma empregada de mesa numa pequena vila de Louisiana. É tímida, e não sai muito. Não porque não seja bonita – porque é – mas acontece que Sookie tem um certo “problema”: consegue ler os pensamentos dos outros. Isso não a torna uma pessoa muito sociável. Então surge Bill: alto, moreno, bonito, a quem Sookie não consegue ouvir os pensamentos. Com bons ou maus pensamentos ele é exactamente o tipo de homem com quem ela sonha. Mas Bill tem o seu próprio problema: é um vampiro. Para além da má reputação, ele relaciona-se com os mais temidos e difamados vampiros e, tal como eles, é suspeito de todos os males que acontecem nas redondezas. Quando a sua colega é morta, Sookie percebe que a maldade veio para ficar nesta pequena terra de Louisiana.

Aos poucos, uma nova subcultura dispersa-se um pouco por todos os lados e descobre-se que o próprio sangue dos vampiros funciona nos humanos como uma das drogas mais poderosas e desejadas. Será que ao aceitar os vampiros a humanidade acabou de aceitar a sua própria extinção?
Mais uma vez, começo por referir que li este livro em inglês ("Dead until Dark"), mas achei que apresentando a informação da versão portuguesa seria mais fácil aos eventuais leitores do blogue identificarem a obra uma vez que a tradução do título não é, de modo nenhum, literal.

Dito isto, "Sangue Fresco" foi mais uma leitura agradável. É um livro que se lê bem (e depressa), devido ao seu estilo de escrita apelativo.

No entanto, notei que a autora comete nesta obra, o mesmo erro que cometeu em "Shakespeare's Landlord"; ou seja, dá muito mais importância à relação entre personagens, passando assim para segundo plano o "mistério", pelo que parece ter alguma tendência para falhar um pouco na construção de um enredo coerente. Ao mistério é dada muito pouca importância e a sua resolução é bastante simplista... sabe a pouco, como costumo dizer. E mesmo apesar deste livro se centrar nas personagens, achei que as interacções entre Bill, o vampiro e Sookie eram algo forçadas e irrealistas.

Mas tendo em conta que "Sangue Fresco" é o primeiro livro de uma série, penso que talvez seja por isso que a autora se centrou mais nas personagens; assim vou continuar com ela, para ver como se desenvolve a história. :D

Em suma, um livro recomendado para os amantes de Fantasia Urbana.

2 comentários:

Ana C. Nunes disse...

Estou um pouco em dúvida quanto a esta saga e depois de ler a tua opinião, não fiquei mais convencida, especialmente se, como dizes, o relacionamento parece forçado e o mistério sabe a pouco.
Confesso que vi a série de TV e não me cativou muito, embora toda a gente ande a falar disso. Por isso imagino que se não gostei por aí além da série, a probabilidade de gostar dos livros é pouca, ainda por cima porque dizem que a Sookie consegue ser mais irritante nos livros que na série (onde já não a suporto).
Gostei muito de ler a tua opinião.

slayra disse...

Obrigada! ^^

Quando se trata de séries, costumo sempre ler mais do que um livro para ver como se desenvolve. Este livro pareceu-me bastante introdutório, tal como outros que li da autora. Parece-me que ela tem a tendência de introduzir as personagens no primeiro livro de uma série, pelo que qualquer outra história é deixada para segundo plano. A Sookie está bastante bem caracterizada, mas o Bill nem por isso e depois como disse as interacções não me convencem, acontece tudo muito depressa.

Quanto à série nunca vi, mas quem já viu a série e leu os livros diz-me que seguem vias (e enredos) diferentes. Não sei... O_O